Whatsapp

Receba nossas novidades!

leia

Curso de Farmácia: 4 motivos para você fazer essa graduação!

Por FPS

Gosta de disciplinas como ciências, química e biologia e quer começar uma graduação na área da saúde? Então, o curso de Farmácia pode ser a opção certa para você!

Com um vasto campo de atuação, a faculdade de Farmácia é indicada para os apaixonados pela área da saúde e mostra-se um setor promissor para os futuros estudantes que querem ingressar no ensino superior.

Mas, se ainda resta alguma dúvida que esse é o curso certo para você, estamos aqui para ajudá-lo. Neste post, contamos como é o curso de Farmácia e reunimos quatro motivos para você começar essa graduação. Vamos lá?

Nesse post você confere:

 

Como é o curso de Farmácia?

Por que cursar Farmácia?

1 - Mercado em constante ascensão

2 - Profissão indispensável

3 - Diversas possibilidades de atuação

Farmácia hospitalar:

Farmácia clínica:

Fitoterapia: na indústria, na manipulação e no consultório

Farmácia Estética:

4 - Possibilidade de uma carreira no exterior

Qual a importância de uma boa faculdade para formação do profissional?

 

Boa leitura!

Como é o curso de Farmácia?

Se você está pesquisando qual o valor da faculdade de farmácia,  já sabe que o primeiro passo para atuar na área é investir em uma boa graduação. Mas, afinal, como funciona o curso de Farmácia?

Com duração de 5 anos, a graduação tem diversas disciplinas voltadas para a área da saúde, mas também para a área de química, com o foco em pesquisas de desenvolvimento dos medicamentos, a produção industrial ou em farmácia de manipulação e muitas atividades práticas em laboratórios especializados

Ao decorrer dos 10 períodos, o estudante desenvolve seus conhecimentos sobre fármacos e é capaz de testar novos componentes, analisar composições e identificar os efeitos das substâncias no corpo humano, de forma positiva ou negativa.

Além disso, o futuro profissional, que obterá o título de bacharel em Farmácia, terá um vasto conhecimento sobre a produção de medicamentos e cosméticos, mas poderá atuar nos laboratórios de análises clínicas, toxicológicas e até mesmo na garantia da qualidade (regulatória) dentro da indústria farmacêutica ou em órgão público (vigilância sanitária municipal, estadual ou Anvisa).

Pronto, agora que você conheceu um pouco de como funciona o curso de Farmácia, vamos falar sobre o porquê vale a pena investir na área?! No próximo tópico, vamos apresentar quatro motivos para fazer uma graduação na área.

Por que cursar Farmácia?

Como citamos no início deste post, o mercado farmacêutico é um campo muito promissor e um dos que mais cresce no Brasil e no mundo. 

Por isso, se você estava se perguntando se vale a pena investir na área, a resposta é sim e para te provar isso, reunimos a seguir quatro motivos que comprovam que o curso de Farmácia é uma ótima opção.

1 - Mercado em constante ascensão 

Você sabia que o mercado farmacêutico movimenta milhões anualmente na economia brasileira? Em 2020, o Brasil estava em 5º lugar entre os países que mais consomem medicamentos. Já no ano de 2021, a indústria farmacêutica no Brasil movimentou aproximadamente R$ 88,28 bilhões. 

Com o grande desenvolvimento do setor, a demanda por profissionais capacitados cresceu expressivamente. De acordo com o Infojobs, houve um aumento de 42% na procura por farmacêuticos e assistentes nas farmácias, e a expectativa é ainda mais promissora para os próximos anos. Até porque a Farmácia vive de INOVAÇÃO.

2 - Profissão indispensável

O profissional farmacêutico exerce um papel fundamental e atua diretamente em questões voltadas à promoção da saúde. 

Por isso, sua presença é indispensável e obrigatória em diversos setores, como por exemplo: drogarias, farmácias de manipulação, distribuidoras de medicamentos, laboratórios, hospitais, importadoras, transportadoras e órgãos sanitários.

Ou seja, se você está pensando em começar uma graduação na área, saiba que esse é setor que sempre demandará por profissionais especializados e competentes, devido não só à sua constante ascensão, como também ao papel fundamental deste profissional de saúde dentro das diversas áreas de atuação. 

3 - Diversas possibilidades de atuação

Para quem pensa em atuar na área farmacêutica, saiba que a profissão vai muito além do trabalho desenvolvido dentro das farmácias (drogarias).

De acordo com o Conselho Federal de Farmácia, existem dez linhas de atuação para os profissionais do setor farmacêutico e mais de 130 especializações contempladas na Resolução do CFF nº 572 publicada em 2013.

De fato, o campo é vasto e as oportunidades são muitas. O profissional pode atuar em diversos segmentos e a seguir enumeramos quatro áreas promissoras que estão em crescimento.

Farmácia hospitalar:

Como o próprio nome diz, esse profissional atua dentro do ambiente hospitalar com o intuito de promover o acesso aos medicamentos, produtos para saúde, além de padronizar o uso de forma correta.

Cuidando de toda a gestão (técnico e administrativo), o farmacêutico está no fluxo desde a aquisição do medicamento até a dispensação ao paciente internado ou em atendimento ambulatorial.

Farmácia clínica:

Uma especialização que está em crescente ascensão, muitos farmacêuticos buscam atuar na Farmácia Clínica. O farmacêutico clínico atua em drogarias, farmácias de manipulação, postos de saúde, hospitais e também em seus próprios consultórios. 

O profissional realiza algumas atividades como: consulta farmacêutica, conciliação de medicamentos, rastreamento de saúde, acompanhamento e revisão de farmacoterapia. 

Muitos farmacêuticos otimizam o tratamento, pois evita interações indesejáveis entre os medicamentos, alimentos, auxiliam na prescrição de alguns medicamentos/suplementos e, assim, agilizam a recuperação da saúde, a qualidade de vida do seu paciente e reduzem custos.

Fitoterapia: na indústria, na manipulação e no consultório

Você já ouviu falar em medicamentos fitoterápicos? Talvez esse seja um termo novo para você, mas os medicamentos fitoterápicos têm sido cada vez mais procurados pelos pacientes.

Em resumo, eles são medicamentos produzidos a partir de plantas medicinais (ativos vegetais) e que apresentam segurança e eficácia. Com a crescente demanda por esses medicamentos, a procura por profissionais especializados na área cresceu e hoje o farmacêutico especialista em fitoterapia atua de forma bastante promissória.

O farmacêutico fitoterápico atua diretamente no desenvolvimento destes medicamentos, realizando desde os estudos e pesquisas com plantas medicinais (indústria), até a manipulação dos medicamentos/cosméticos/suplementos e a clínica (prescrição e orientação)..

Farmácia Estética:

Não é novidade alguma que o setor de cosméticos é um dos que mais cresce no Brasil, o reflexo disso é que em 2020 fomos o quarto maior mercado de beleza e cuidados.

Com tamanha demanda, a procura por farmacêuticos também aumentou neste setor. Afinal, o farmacêutico atua desde a pesquisa e inovação desses produtos, na produção e no controle de qualidade e por fim, na venda. E, mais recente na aplicação. 

A especialização em Farmácia Estética, capacita o farmacêutico a ter o seu consultório e não só conhecer a fundo os cosméticos, mas também definir e aplicá-lo em seu paciente/cliente.

Bônus: Percebeu que muitas dessas áreas, o farmacêutico ainda pode investir no seu próprio negócio e ser um grande empreendedor. Os setores para quem pensa em empreender são muitos, como por exemplo: drogaria, farmácia de manipulação, consultório especializado ou até mesmo uma farmácia de manipulação veterinária, já pensou nisso?

4 - Possibilidade de uma carreira no exterior

E já que falamos sobre as oportunidades de atuação do farmacêutico, é importante lembrar que esta é uma profissão que possibilita uma atuação internacional. 

Ou seja, você tem a chance de construir a sua carreira tanto dentro do Brasil como no exterior. Com um mercado em expansão a nível mundial, a área farmacêutica cresce fora do país e é uma grande oportunidade na pesquisa e na indústria para quem quer alcançar novos voos.

Qual a importância de uma boa faculdade para formação do profissional?

Ok, agora que você já conhece as vantagens de cursar Farmácia, é hora de planejar a sua graduação. Nesse ponto, o primeiro passo é escolher a sua faculdade. 

Para que você possa ser um profissional completo, essa decisão é extremamente importante. Afinal, é sua Instituição de Ensino que preparará você para o mercado de trabalho.

Lembre-se que os conhecimentos e experiências adquiridos ao longo da sua graduação é que vão fazer o diferencial na sua hora de ingressar no mercado de trabalho. Ou seja, é por meio de uma boa faculdade que você terá uma boa colocação na sua área.

Por isso, na hora de escolher uma faculdade, invista em uma instituição de qualidade que seja referência na área da saúde. No momento de decisão, leve em consideração alguns fatores importantes para sua formação, como por exemplo: metodologia, corpo docente,o currículo e a estrutura (laboratórios), tanto física como digital (biblioteca, tamanho e qualidade do acervo) para as atividades de estudo.


Gostou do conteúdo? Se você quer começar a sua graduação em Farmácia, temos mais uma dica para você, o nosso post: Quanto um farmacêutico ganha? Tudo sobre essa profissão!

CONFIRA MAIS PUBLICAÇÕES

Tags: curso de farmácia

Assine a newsletter

Deixe seu e-mail aqui e te mandamos os melhores conteúdos direto na sua caixa de entrada!

news